Curiosidades

PROJETO SHAPE VERÃO 2018

A gente até que começa bem animado e disposto para ficar no shape pro verão, né? Mas os dias vão passando e aquela animação vai perdendo a força.

Todo ano é sempre a mesma coisa: aponta o verão e lá está ele de novo, o famoso “Projeto Verão”, né? Mas você já parou para pensar porque é tão difícil atingirmos as metas que estabelecemos? Até começamos bem animados, com tudo bem desenhado na cabeça, mas o tempo vai passando e a força de vontade vai ficando cada vez menor, até que abandonamos de vez o projeto e só sobra frustração.

A primeira coisa que você precisa entender é que, nós, seres humanos, nos motivamos por dois fatores: ou buscamos o prazer, ou estamos correndo da dor. Portanto, quando você se imagina no shape, isso dá a você um prazer gigante, isso que gera a motivação para começar.

Contudo, ao longo do caminho para se chegar na meta, novos prazeres vão surgindo pelo caminho, um brigadeiro, uma pizza até um brownie com sorvete e aquele prazer de ficar no shape vai ficando cada vez mais longe, até perder o sentido. Agora, a pergunta que não quer calar, isso já aconteceu com você?
Bem, para acabar com esse ciclo que impede você de conquistar suas metas é importante criarmos metas menores, que permitirão vitórias prazerosas, motivando você a cada nova conquista.

Para exemplificar vamos imaginar que você queira emagrecer para o verão. A primeira coisa que deve ser feita é sair do “quero emagrecer” para “vou emagrecer 10kg até o dia 15 de dezembro”. Perceba que agora você já sabe o quanto precisa perder e até quando isso deve ser feito. Ou seja, aquela imagem motivadora agora representa perder 10kg e tem um prazo para acontecer.

Agora o mais importante: quebrar essa meta em micro-metas, as quais você vai conseguindo semana a semana, mês a mês, conquistando vitórias periódicas e se mantendo motivado até conseguir perder todo peso que deseja. Assim, a ideia é saber que a cada semana você vai precisar perder 0,5kg e a cada mês você precisa perder 2,5kg e se algo sair errado, você sabe o quanto precisa correr para recuperar.

Por último, para facilitar a conquista da meta, é interessante criar metas acessórias, o que ajuda na motivação, por exemplo, marcar a perna ou trincar o abdômen. O importante aqui é, sempre estabelecer uma meta realística, possível, para não haver frustração.

Julles Quintana

Julles Quintana

Esportista, sempre ligado em saúde e moda. Se você já pratica algum esporte ou qualquer atividade física, será um excelente ponto positivo para você, afinal, se preocupar com a saúde é fundamental.
Campo Grande-MS